top of page

Monte das Oliveiras: MIRANTE


É bem provável que grande parte das fotos de Jerusalém que você já viu, foram tiradas do Mirante do Monte das Oliveiras. Localizado no cume do monte, acima do Cemitério Judaico, o mirante permite o deslumbre panorâmico de uma boa parte da Cidade Velha de Jerusalém e de seu entorno.

Praticamente todos os turistas e grupos permanecem um tempo nesse famoso mirante para fotografar e tirar uma "self" tendo Jerusalém como background. O Mirante do Monte das Oliveiras é parada obrigatória em Jerusalém, responsável por muitas fotos de perfil nas redes sociais. De lá você pode avistar muitas estruturas e sítios arqueológicos importantes.

No monte das Oliveiras, além da vista, você poderá fazer fotos em cima de um camelo em troca de alguns dólares.

Se você estudar previamente o cenário ou estiver na companhia de um bom guia israelense, conseguirá identificar várias construções e sítios arqueológicos importantes além do óbvio e brilhante Domo da Rocha.

Alem dos insistentes vendedores, existe um local no mirante que, curiosa e inadvertidamente, foi "tomado" por um fotógrafo palestino como "ponto exclusivo". Se você tentar fotografar dali certamente será impedido por ele. Veja na foto abaixo de 2016, o palestino reclamando para o guia israelense sobre a minha tentativa de fotografar o grupo da Renova no local que ele acredita ser exclusividade dele.

Vou deixar aqui uma foto panorâmica que fiz à partir do Mirante do Monte das Oliveiras com alguns dos lugares numerados para você poder acompanhar na sua próxima viagem com a Renova Turismo ou para relembrar a sua visita à Jerusalém.

01. Saint Peter Gallicantu.

Casa e prisão de Caifás (tradição).

02. Tanque de Siloé.

Ruínas da piscina de Siloé (arqueologia).

03. Cidade de Davi.

Ruínas jebusitas e tempo de Davi (arqueologia).

04. Igreja da Dormição de Maria, Cenáculo e Tumba de Davi (memorial).

Localizados no Monte Sião (tradição).

05. Portão de Sião.

Acesso ao quarteirão armênio da Cidade Velha de Jerusalém.

06. Portão do Monturo.

Acesso à Plaza do Muro Ocidental e ao Davidson Center.

07. Sinagoga Hurva.

Construída e destruída algumas vezes, é a principal sinagoga asquenazi de Jerusalém.

08. The Jerusalem Archaeological Park - Davidson Center.

Achados dos tempos salomônicos e herodianos (arqueologia).

09. Mesquita Al-Aqsa.

"A mais distante". É a maior mesquita de Jerusalém.

10. Explanada do Templo.

Platô artificial construído por Herodes o Grande sobre o cume do Monte Moriáh (arqueologia).

11. Basílica do Santo Sepulcro.

Construída e destruída inúmeras vezes abriga o Calvário e o sepulcro de Jesus (tradição).

12. Domo da Rocha.

Abriga a pedra do sacrifício de Abraão (tradição).

13. Monte Moriáh.

Sobre o qual Abraão iria sacrificar seu filho Isaque e local dos Templos judeus (arqueologia).

14. Memorial de Absalão.

Pilar construído por Absalão para sua memória (tradição).

15. Vale de Kidron, Cedrom ou Josafá. <