Israel, uma memória a favor da vida!

Atualizado: Abr 4

Visitar Israel é uma experiência completa. Andar pela Terra Santa é tão emocionante e é possível sentir a fé queimar no coração. São infinitas as belezas naturais, culturais e históricas. Eu amo profundamente, retorno frequentemente e recomendo fortemente.


Mas, há que se reservar tempo para aprender, com muito respeito, sobre a terrível história do holocausto. Essa experiência produz uma tristeza que emudece, mareja os olhos e fere profundamente a alma. Mas revela a importância ímpar de agigantar e enfurecer, no coração, o empenho para que tal atrocidade jamais se repita. É importante conhecer, doar e se envolver, multiplicando a conscientização ao redor do mundo.



Em Israel é possível chegar muito perto desse momento obscuro da humanidade ao ver tantos artefatos autênticos do holocausto. São testemunhas inanimadas que revelam com tom acusatório a capacidade humana de praticar o mal gratuito contra seus semelhantes. E mais que isso, é possível conversar com personagens reais dessa história, sobreviventes daquele inferno europeu.


Para o judaímo os três pilares do universo são a Toráh (escrituras), a Avodá (oração) e o Tzedakáh (atos de bondade). Baseado nesse último pilar e incomodada com o número de idosos sem atenção, Myriam Mendilow fundou, em 1962, o Yad LaKashish, “mão para os idosos”. O Estado de Israel tinha apenas 14 anos.



O Yad LaKashish é um lugar que oferece oportunidades de trabalho estimulantes, um ambiente comunitário acolhedor e serviços de apoio inestimáveis para centenas de idosos carentes em Jerusalém, alguns sobreviventes do shoah (holocausto) e muitos com desafios físicos. Com o passar das décadas a instituição passou a contar com ajuda internacional e de turistas, além de um e-commerce bem bonito. Se quiser contribuir ou saber mais acesse, https://www.lifeline.org.il.



Naquele dia, o guia me disse que havia uma sobrevivente do holocausto. A pequena senhora relutou em ser apresentada, mas me recebeu. Ela e alguns de seus familiares mantiveram-se a salvos, com cerca de mil e duzentos judeus, fugindo nas florestas da bielo-russia, sob a proteção dos três irmãos Bielski. Esse grupo ficou conhecido como “judeus da floresta”. A história deles foi retratada no filme Um Ato de Liberdade, de 2008, com Daniel Craig.



Quando entrei na sala, lá estava ela, no canto, pincel na mão, totalmente concentrada na produção de um tipo de artesanato, uma louça. A serenidade de quem está segura em sua casa, a casa dos judeus, a Terra de Israel. Veio-me uma vontade danada de lhe fazer muitas perguntas, mas daí, o receio de provocar-lhe o resgate de memórias horrendas. Deu-me vontade de ficar olhando demoradamente em seus olhos para tentar descobrir qual foi o resultado de tudo o que viveu, mas daí, uma espécie de vergonha pelo interesse em algo tão profundamente triste para ela. - E talvez vergonha por ser humano. - Senti uma grande vontade de abraça-la e de lhe pedir desculpas em nome do mundo, mas foi tudo tão rápido e travei tentando interpretar e responder à realidade, lidar com tantos pensamentos que não paravam de surgir e o cuidado de não a incomodar. Consegui apenas sorrir-lhe o tempo todo em que o guia traduzia algumas poucas palavras dela. Mas foi um sorriso sincero cheio de admiração e gratidão por retribuir o mal que recebera com tamanha doçura e obras de arte vendidas para ajudar outros. Isso te leva a refletir por muito tempo sobre o que somos capazes de fazer com nossos semelhantes.


Olhando em seus olhos, tentei imaginar as barbáries que viveu. As cenas guardadas em sua memória, as sensações, fome, dores, frio, quanto medo e insegurança sentiu. Ver sua família fugir, definhar e morrer. A comida sequer supria a necessidade diária de um ser humano. Trapos eram a única proteção contra os densos invernos russos. Felizmente, por jamais ter sido capturada, ela não tem no braço a tatuagem com numeração do Reich.


"Abençoarei aos que te abençoarem, e amaldiçoarei àquele que te amaldiçoar; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Gen. 12.3. Visitar Israel é também ação social quando apoiamos projetos e organizações sérias como o Yad LaKashish.



Outro lugar que a Renova Turismo faz questão de mostrar aos peregrinos é o Yad Vashem, o Memorial do Holocausto. Um enorme espaço de 18 hectares dedicado a promover uma lembrança do terror nazista que acometeu os judeus, intensa o suficiente para que estimule as pessoas a lutar para que nunca mais se repita. Fica em Jerusalém, no Har HaZikaron (Monte da Recordação),no sopé do Monte Herzl.



Só no prédio principal do museu são 10 salas de exposição com muito material autêntico como documentos, fotos, bandeiras, propagandas nazistas, armas, latas de Zyklon B, partes das construções, roupas, calçados, joias, instrumentos musicais, pertences das vítimas e muito mais. Há dezenas de vídeos reais da época e mais outras dezenas com depoimentos de sobreviventes.



Fora o magnífico prédio do museu, há muitos outros memoriais dentro do complexo, como o famoso Santuário dos nomes, Memorial das Crianças e a Avenida dos Justos das Nações do Mundo, que honra a memória dos não-judeus que arriscaram a própria vida para salvarem Judeus durante o período do Holocausto com uma árvore e o título de "Justo entre as Nações."



A origem do nome Yad Vashem está na Bíblia: "E a eles darei a minha casa e dentro dos meus muros um memorial e um nome (Yad Vashem) que não será arrancado." Isaías 56:5.


Apesar de muito triste, o Memorial do Holocausto é indispensável para informar e formar um espírito humano disposto a promover a paz e a tolerância entre os homens. Ele oferece tanto material, tantos departamentos e tanta informação que é assunto para outra matéria. Se quiser saber mais sobre o Yad Vashem, acesse, https://www.yadvashem.org.



Venha comigo e com a Renova Turismo se emocionar, aprender e ser transformado pelas lições que Israel oferece a todos que pisam sua terra santa e a acolhem em seu coração.



Dr. Felipe Silva

Tour Leader Renova Turismo.

Cirurgião-Dentista Artesania Studio Oral


"A longínqua e empoeirada Terra de Israel é o palco das histórias bíblicas. Sonho de milhares de pessoas, reserva emoções inesquecíveis a todos aqueles que aceitam com fé o seu chamado."


1,200 visualizações

Renova Turismo 

Rua Orlando Carpino, 326 - Campinas/SP

+55 19 3241-2424 - 19.99470.7207 - 19.99471.8930 - 19.99460.7704

contato@renovaturismo.com.br

 

© 2016 by Renova Turismo. Criação: Endorfina Design