top of page

#aideti! O triângulo evangélico na Galileia

Atualizado: 26 de jan. de 2021


Corazim, Betsaida e Cafarnaum são pequenas cidades do norte de Israel, da região da Galiléia. São conhecidas como o "triângulo evangélico", tamanha a intensidade do ministério de Jesus nesses locais.

Além de serem palcos das andanças, milagres e pregações de Jesus, esses três vilarejos da Galiléia ficaram famosos por serem mencionados em conjunto na profecia em que Jesus prevê a destruição dos mesmos, conhecida como "os três ais" (Mateus 11.20-24 e Lucas 10.12 -15). Apesar desse fim anunciado, parece que Jesus ama a Galiléia e seu povo que vive atrás de curas e pães e​ isso aflige o seu coração, pois eles não entendiam que o Amor de Deus era algo imensamente maior que qualquer benção material.

Kinneret, o Mar da Galiléia

"Ai de você, Corazim! Ai de você, Betsaida! Porque se os milagres que foram realizados entre vocês o fossem em Tiro e Sidom, há muito tempo elas se teriam arrependido, vestindo roupas de saco e cobrindo-se de cinzas. Mas no juízo haverá menor rigor para Tiro e Sidom do que para vocês. E você, Cafarnaum: será elevada até o céu? Não; você descerá até ao Hades! Lucas 10.13-15

Olhando para as ruínas em basalto vulcânico da Galileia, por alguns minutos, a gente volta no tempo e imagina os doze discípulos, seguidores, pessoas doentes e rabinos ao redor daquele moço de trinta e poucos anos, com tamanha sabedoria e poder, que se chamava Yeshua. Aquelas pedras são testemunhas milenares, sombras que restaram de ruas, praças, casas e sinagogas que abrigaram o filho de Deus encarnado.

Corazim

Corazim fica, aproximadamente, a 3 quilômetros ao norte de Cafarnaum e do Mar da Galiléia, próximo ao Monte das Bem-aventuranças. É citada quatro vezes em Mateus e Lucas.

No Talmude Babilônico, em Menahot 85a, Corazim é mencionada como produtora de grãos de qualidade superior, entretanto, estava muito distante de Jerusalém para que sua produção fosse usada como oferta do Omer para o Templo.

Lá é possível ver habitações, ruas, prédios, mikves (banheiras rituais) e uma sinagoga. Além disso tem-se uma bela vista do Mar da Galiléia.

A sinagoga é riquíssima em adornos e é possível ver a réplica da Cadeira de Moisés que foi encontrada ali e está em um museu. Essa cadeira é mencionada por Jesus no evangelho. Então, Jesus disse à multidão e aos seus discípulos: "Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés. Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem. Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam. Mateus 23.1-3

Entre os adornos, podemos ver uma cabeça de medusa, talvez uma tentativa dos judeus de apaziguar o furor e a destruição pelos romanos.

Betsaida

Betsaida, a casa do pescador, foi a cidade natal de Pedro, André e Filipe. Filipe, como André e Pedro, era da cidade de Betsaida. João 1.44.

Foi difícil achar Betsaida, pois um cataclismo fez a cidade se erguer e se afastar do Mar da Galiléia. É duro procurar um local onde não deve estar. Os 200m2 de ruínas da cidade estão 4km ao norte de Cafarnaum.

A história de Betsaida é muito anterior ao período de Jesus. Arqueólogos encontraram parte de um portão e vestígios de um palácio da Idade do Ferro (cerca de 1200a.C.). A estrutura em pedra do portão é similar às encontradas em Dan, Megido, Dor, BeerSheba e Ashdod.

Provavelmente Betsaida é a antiga Geshur da terceira esposa do rei Davi (2Sm3.3), e onde Absalão se refugiou após matar seu irmão mais velho (2Sm 13.37-38). Ela foi destruída durante a invasão do Reino do Norte pelos assírios em 800 a.C..

Em Betsaida foi encontrada uma moeda romana e ruas pavimentadas onde é possível caminhar e entrar em habitações de pescadores. Foi encontrada uma construção onde se produzia vinho, inclusive com uma adega subterrânea. O local ganhou o nome de "a casa do enólogo". Já a chamada "casa do pescador" é composta de ruínas de uma casa onde se encontrou anzóis, pesos de chumbo e ancoras de ferro. Em Betsaida também foi encontrado um "lugar alto", um altar pagão com uma estela quebrada de uma divindade em forma de touro.

Foi perto de Betsaida onde Jesus fez a multiplicação de pães que alimentou mais de cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças (Mateus 14.13–21, Marcos 6.30– 44, Lucas 9.10-17 e João 6.1–13). Foi lá tambem que Ele curou um cego usando sua saliva (Marcos 8.22–26). Depois de andar sobre as águas do Mar da Galiléia e acalmar os ventos, Jesus ordena que seus discípulos naveguem até Cafarnaum, passando por Betsaida (Marcos 6.45-51)

O ex-comandante judeu e importante historiador romano Flávio Joséfo foi sepultado em Betsaida.

Cafarnaum

Cafarnaum fica na margem do Mar da Galiléia, a cerca de cinco quilômetros da foz do Jordão e a 35km de Nazaré, cidade onde Jesus cresceu.