Buscar
  • Dr. Felipe Silva

Vou viajar, preciso vacinar?


Você sabia que mais de cem países exigem um documento que comprova a vacinação contra certas doenças? Esse documento é o CIVP, Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia, e é emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), segundo as normas do Regulamento Sanitário Internacional. Anualmente, são realizadas cerca de 730 mil solicitações de CIVP.

A imunização mais requerida é contra a febre amarela e deve ser feita pelo menos 10 dias antes da viagem. Alguns países, como Estados Unidos, Reino Unido e Portugal, não fazem questão da apresentação do certificado. Em outros casos, como Austrália, Bahamas e Tailândia, não é permitida a entrada sem o documento, inclusive para uma simples conexão do cidadão que estiver só de passagem.

A lista com os países que exigem o CIVP está disponível na internet no site da Organização Mundial de Saúde, direto neste link. Se o teu roteiro de viagem passa por algum desses destinos é fundamental levar o CIVP junto com seu passaporte.

Além da tradicional emissão e impressão presencial do CIVP numa unidade credenciada, você pode fazer isso em qualquer lugar do mundo através da internet. Pelo caminho digital, em até cinco dias úteis, a equipe da ANVISA entrará em contato com você, de acordo com o cadastro preenchido. Dai é só imprimir e assinar a sua CIVP. Lembrando que o viajante terá acesso ao documento para impressão sempre que precisar e em qualquer lugar do mundo. A tabela abaixo "printada" do site da ANVISA.

No final dessa matéria tem o passo-a-passo copiado do site da ANVISA.

Destinos como Egito, Jordânia e África do Sul são muito procurados aqui na Renova Turismo e há uma certa confusão nos próprios operadores dos países sobre a obrigatoriedade ou não do CIVP, portanto recomendamos aos nossos passageiros que submetam-se à vacinação e realizem a emissão do documento, conforme recomenda a lista da ONU referida acima.

Fique atento, pois, segundo a ANVISA, para algumas condições de saúde são necessários avaliação e liberação médica para a vacinação segura.

• Pacientes com imunodeficiência primária ou adquirida;

• Indivíduos com imunossupressão secundária à doença ou terapias;

• Imunossupressoras (quimioterapia, radioterapia, corticoides em doses elevadas);

• Pacientes em uso de medicações anti-metabólicas ou medicamentos modificadores do curso da doença (Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Ritoximabe);

• Transplantados e pacientes com doença oncológica em quimioterapia;

• Indivíduos que apresentaram reação de hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose prévia da vacina;

• Indivíduos com reação alérgica grave ao ovo;

• Pacientes com história pregressa de doença do timo (miastenia gravis, timoma).

O site da ANVISA recomenda que pessoas que apresentam contraindicação médica para a vacinação, como nos casos abaixo, devem providenciar um Atestado Médico de Isenção de Vacinação escrito em inglês ou francês pelo médico, conforme esse modelo.

• Crianças menores de 9 meses de idade

• Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses de idade

• Pessoas com alergia grave ao ovo

• Pessoas que vivem com HIV e que têm contagem de células CD4 menor que 350

• Pessoas em de tratamento com quimioterapia/ radioterapia

• Pessoas portadoras de doenças autoimune

• Pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores (que diminuem a defesa do corpo)

PASSO-A-PASSO SEGUNDO SITE DA ANVISA

PASSO 1 – Vacinação

Você pode se vacinar gratuitamente em um posto de saúde do SUS ou deve procurar os serviços de vacinação privados credenciados.

Guarde o certificado de vacinação. Ele é o seu comprovante para solicitar o Certificado Internacional. A Anvisa não aplica a vacina.

A vacina contra febre amarela deve ser tomada com antecedência de, no mínimo, 10 (dez) dias antes da viagem.

Atenção: Se o seu objetivo é viajar para o exterior, você deve apresentar o comprovante de viagem antes da vacinação para que receba a dose única.

PASSO 2 – Cadastro

Escolha qual opção de atendimento você deseja e faça o seu cadastro:

Atendimento presencial

Para agilizar a emissão do certificado, você deve realizar um pré-cadastro no endereço https://viajante.anvisa.gov.br, clicando na opção "cadastrar viajante"

Atendimento web

O Certificado pode ser emitido online e impresso em casa. Para essa opção, faça o cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal.

Requisitos necessários

• Documento pessoal oficial

• Conta de e-mail

• Para cadastro de menores, o nome do responsável

PASSO 3 - Emissão do Certificado Internacional de Vacinação

O documento pode ser retirado de forma presencial, em uma unidade da Anvisa, ou impresso em casa. Escolha como você prefere emitir o seu Certificado:

Emissão presencial

Procure uma unidade credenciada para emitir o CIVP. Entre em contato diretamente com a unidade credenciada mais próxima para conferir o horário de funcionamento.

Emissão web

Se você optou pela emissão web do Certificado, você deve acessar o Portal de Serviços do Governo Federal para imprimir o Certificado em casa. Você também receberá o arquivo no e-mail cadastrado no Portal de Serviços.

O prazo para emissão é de até 10 dias úteis.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

1. Cartão nacional de vacinação. O cartão deve estar preenchido corretamente com:

• Data de administração, fabricante e lote da vacina.

• Assinatura do profissional que realizou a aplicação.

• Identificação da unidade de saúde onde ocorreu a aplicação da vacina.

2. Documento de identidade original com foto. São aceitos como documentos de identidade a Carteira de Identidade (RG), o Passaporte, a Carteira de Motorista válida (CNH), entre outros documentos. A apresentação da certidão de nascimento é aceita para menores de 18 (dezoito) anos.

OBSERVAÇÕES:

Menores de idade

Crianças ou menores de 18 anos que já assinam seu documento de identidade (RG,passaporte e outros) precisam estar presentes para obter o seu certificado nas Unidades Emissoras de CIVP. O menor que nunca assinou um documento de identidade não precisa estar presente quando os pais ou responsáveis solicitarem a emissão de seu certificado nas Unidades Emissoras de CIVP, mas deverá possuir CPF para realizar o cadastro no sistema.

Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia - CIVP para (meningite e/ou poliomielite)

O Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia - CIVP para comprovar a vacinação contra meningite e/ou poliomielite será emitido apenas no atendimento presencial. O atendimento presencial é necessário pois é preciso considerar o histórico vacinal, a idade, o tipo e o lote da vacina, o número de doses recebidas, a dose recomendada e a validade da vacina. Com a comprovação da vacina adequada, você deverá procurar uma unidade da Anvisa ou credenciada para a emissão presencial do CIVP. Na listagem atual da OMS poucos países exigem comprovação de certificado Internacional de vacinação de brasileiros para essas doenças.

Se você já tem a vacina e o certificado de Anvisa, não precisam solicita-lo novamente. E, se já tem a vacina e não tem o certificado da Anvisa, deve solicitar o certificado, mas não tomar a vacina novamente.

Dr. Felipe Silva

Tour Leader Renova Turismo.

Cirurgião-dentista no Artesania⎪Studio Oral

"Dr. Felipe considera que a terra de Israel foi agraciada pelo sobrenatural, pelo natural e pelo humano; é sem-segundo quando se trata de paisagens, história, religião e cultura; e oferece todos esses ingredientes àquele que a descreve, em um caldeirão que vem sido mexido e temperado há milênios por mãos humanas e divinas. Para ele, Israel é uma musa de inspiração que convida à sua contemplação e profusa tradução artística. Ele aceitou o convite."

#Vacina #CertificadoInternacionaldeVacinação #CIVP #Precisovacinar #DrFelipeSilva #RenovaTurismo #Dicasdeviagem #Israel #Egito #OMNS #Solicitaçãoonline #Anvisa

359 visualizações

Renova Turismo 

Rua Orlando Carpino, 326 - Campinas/SP

Fone:  +55 19 3241-2424      

      (19) 99470-7207 / (19) 99471-8930 / (19) 99460-7704

contato@renovaturismo.com.br

 

© 2016 by Renova Turismo. Criação: Endorfina Design