A HISTÓRIA DO CRISTIANISMO NA TURQUIA 1/3


Durante muitos séculos as terras da Turquia foram de grande importância e até mesmo o centro de muitos acontecimentos cruciais na história do cristianismo. Na minha última viagem à Turquia conversei com o experiente guia Ahmet Okay sobre muitos desses fatos.

Decidimos então enumerar alguns acontecimentos históricos importantes para o cristianismo e que tem relação direta com esse país fabuloso que é a Turquia.

01- Os seguidores de Jesus foram chamados cristãos pela primeira vez em Antioquia-no-Orontes.

02- As viagens missionárias de São Paulo aconteceram três vezes pelo oeste da Anatólia.

03- Em Alexandria de Troas São Paulo teve a visão de um homem que lhe pedia para estender a sua missão até a Macedônia.

04- Todos os sete Concílios Ecumênicos foram reunidos no oeste da Anatólia.

05- De Constantinopla, o Império Romano do Leste foi governado, e uma das edificações cristãs mais importantes e veneradas, Santa Sofia, foi construída e permanece lá.

06- Entre os séculos XI e XVI as Cruzadas aconteceram pela Turquia.

07- O cristianismo começou como uma minoria de gente comum. Antes de Constantino o Grande dar liberdade de culto, as reuniões geralmente eram feitas em segredo nas moradias dos membros. Por isso é impossível indicar alguma construção e identificá-la como igreja do séc. I ou II.

08- A primeira igreja construída em Constantinopla foi a igreja de Santa Irene que já não existe mais. A atual igreja de mesmo nome data do ano de 522.

09- Dentre as comunidades cristãs primitivas que São Paulo visitou estão Iconium (Konya), Antioqia de Pisidia (Yalvaç), Lystra, Derbe, Éfeso, Mileto, e Alexandria de Troas.

10- As comunidades que São João nomeou como as “Sete Igrejas da Ásia Menor” são Éfeso, Esmirna (Izmir), Pérgamo (Bergama), Thyatira (Akhisar), Sardis, Philadelphia (Alasehir) e Laodicea.

11- Depois de São Paulo, São João é a pessoa que recebe a maior importância no início da historia cristã na Anatolia. O Apocalipse, escrito por ele quando em exílio na ilha de Patmos, é o último livro do Novo Testamento. Acha-se que ele escreveu Apocalipse durante os anos em que o imperador Domiciano perseguia os cristãos, o que data o livro entre os anos de 95 e 96 d.C.

12- A localização das sete igrejas adquiriu um especial sentido pela intensidade da mensagem de São João. Entre os primeiros mártires cristãos, em Anatolia, aparece Santo Policarpio que morreu em Esmirna no ano 150 d.C. Na cidade de Esmirna há uma igreja dedicada a ele.

13- A difusão do cristianismo em Anatolia, no leste e os conflitos dos seus membros, fizeram com que houvesse poucos documentos sobre essa região. Mas, a falta de informação não quer dizer falta de atividade. A crença difundiu-se. Construíram-se conventos. É possível até que, em algumas dessas regiões, as práticas mantidas sejam mais próximas às formas originais do que as aceitas nas igrejas do oeste. Entre as primeiras igrejas do leste da Turquia estão as quais se falavam Armênio e Siríaco, um dialeto do Aramaico.

14- Uma das primeiras comunidades foi a armênia. Os armênios no séc. IX a.C. eram provavelmente um grupo semítico. Sob o poder do rei Tiradates (d.C 238-314) se converteram ao cristianismo por Gregorio o Iluminador. Aceitaram o cristianismo como a religião do estado no séc IV, poucos anos antes de Constantino o Grande o impor no Império Romano.

15- Mesrop inventou o alfabeto armênio e a Bíblia foi traduzida ao idioma armênio comum em 410.

16- Um outro grupo cristão primitivo foi o de fala aramaica. O aramaico foi a língua semítica popular no Oriente Médio do entre os séculos VIII e IV a.C. Foi falada pelos arameanos e assírios e era a língua que falava Jesus.

17- Nos primeiros séculos do cristianismo o dialeto aramaico-siríaco foi a língua dos escritores cristãos de Antioquia-no-Orontes leste que se concentraram nas Universidades de Edessa e Nisibin. Os surianis de hoje, membros da Igreja Ortodoxa da Siria, que moram na região de Tur Abdin, ainda falam esse idioma e seguem a tradição ortodoxa siriana.

No próximo capítulo dessa série sobre o cristianismo na Turquia, iremos falar sobre as Sete Igrejas da Ásia Menor mencionadas no livro de Apocalipse. E no terceiro capítulo você irá conferir uma matéria especial sobre São Jorge.

Dr. Felipe Silva,

Cirurgião-dentista no Artesania⎪Studio Oral,

É amigo e viaja com Renova Turismo.

"Dr. Felipe considera que a terra de Israel foi agraciada pelo sobrenatural, pelo natural e pelo humano; é sem-segundo quando se trata de paisagens, história, religião e cultura; e oferece todos esses ingredientes àquele que a descreve, em um caldeirão que vem sido mexido e temperado há milênios por mãos humanas e divinas. Para ele, Israel é uma musa de inspiração que convida à sua contemplação e profusa tradução artística. Ele aceitou o convite."

#Turquia #Capadócia #Ista #Istambul #DrFelipeSilva #RenovaTurismo #Dicasdeviagem

0 visualização

Renova Turismo 

Rua Orlando Carpino, 326 - Campinas/SP

+55 19 3241-2424 - 19.99470.7207 - 19.99471.8930 - 19.99460.7704

contato@renovaturismo.com.br

 

© 2016 by Renova Turismo. Criação: Endorfina Design